FCJ

Startup da rede FCJ alcança 1º lugar no segmento citytechs do Ranking 100 Open Startups 2022

Startup da rede FCJ alcança 1º lugar no segmento citytechs do Ranking 100 Open Startups 2022

No último dia 8, a Adiau, startup do portfólio da Bridge Brazil/FCJ que viabiliza a transmissão de velórios online, conquistou o primeiro lugar na categoria CityTechs do Ranking 100 Open Startups 2022. O ranking destaca as startups mais atrativas para o mercado, além de fomentar e medir a evolução das práticas de open innovation com startups no Brasil e na América Latina.

De acordo com o 100 Open Startups, o setor de CityTechs foi o que mais cresceu em número de contratos e intensidade de open innovation, gerando 2,5 vezes mais contratos neste ano do que em 2021. Em sua sétima edição, o ranking contabilizou mais de 3.800 startups da América Latina.

Com cerca de 2 anos no mercado, a solução oferecida pela Adiau gera acolhimento e inclusão em uma das etapas mais difíceis da vida. Por meio de uma plataforma profissional de streaming ao vivo, a Adiau vem ganhando notoriedade no segmento do luto, tendo acolhido mais de 400 mil pessoas que não puderam estar presentes fisicamente para prestar as últimas homenagens aos seus entes queridos, mas que puderam utilizar deste valioso canal de acolhimento.

As transmissões são realizadas em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e os familiares e amigos que estão distantes podem acessar a plataforma por meio de qualquer dispositivo que esteja conectado à internet. Uma senha de acesso é fornecida à família e só é possível acompanhar as cerimônias por meio deste código, o que garante o respeito à intimidade e privacidade do momento.

O serviço de transmissões ao vivo é feito por meio de parcerias com cemitérios, funerárias e crematórios de todo o Brasil, o que também gera novas oportunidades de negócios para empresas do segmento. Até setembro, a empresa já havia crescido 96% em comparação a 2021.

Considerando as oportunidades de expansão e com apoio da Bridge Brazil e do ecossistema da FCJ Venture Builder, a startup criou uma holding nos Estados Unidos, a Adiau Inc., e iniciou as operações com os primeiros  contratos na América Central e em outros países da América do Sul.

“É muito gratificante percebermos que uma solução que gera acolhimento e inclusão em um dos momentos mais marcantes na vida de cada ser humano seja também uma grande referência de inovação e tecnologia no segmento funerário”, pontua Denilson Rocha, CEO e fundador da Adiau.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AssuntosRelacionados