FCJ

FCJ foca em desenvolvimento de comunidade para fortalecer a conexão com startups

FCJ foca em desenvolvimento de comunidade para fortalecer a conexão com startups

O principal objetivo da Comunidade de Startups da rede FCJ é construir e desenvolver um ambiente engajado, com smart intelligence, experiência e relacionamento

Para fortalecer a conexão com as startups do portfólio, a FCJ Venture Builder anunciou a contratação de uma Community Builder, Luiza Luth, publicitária que vem atuando com inovação, startups, gestão e criação de comunidades e articulação do ecossistema de inovação desde 2016.

Atualmente, a multinacional brasileira, líder em corporate venture building, conta com cerca de 110 startups em seu portfólio, alocadas entre as Corporate Venture Builders da rede. Com o novo projeto, a empresa busca fomentar o relacionamento direto com as startups, além de dar visibilidade a esses novos negócios no mercado. “Alcançaremos estes objetivos através de eventos de conteúdo direcionados,eventos abertos ao ecossistema, para dar visibilidade às startups, e onboardings mensais como ponto de encontro e boas-vindas para quem está chegando na rede”, explica Luth.

De acordo com a Community Builder, o principal objetivo da comunidade é conectar as startups entre si e com a rede da FCJ, com o foco em gerar conexões de valor que resultem positivamente na performance das empresas. Ela também pontua que “comunidades são ambientes seguros para troca de conhecimentos, aprendizado, suporte, parcerias e novos negócios. Na FCJ, estamos focando na estruturação funcional da nossa comunidade para que possamos usufruir da rede de parceiros, mentores, conselheiros e executivos, conectando todos eles com startups da comunidade de acordo com a demanda”.

Um dos planos da FCJ Venture Builder para 2022 é fazer deste o ano das startups, e o desenvolvimento da Comunidade de Startups da rede FCJ é uma das ações previstas. Para Luiza Luth, essa estrutura auxilia nas trocas mais ricas e objetivas dentro da rede. “Saber quais são as demandas e as necessidades de cada startup é essencial para poder propor ações e atividades relevantes e promover um maior engajamento, que gera a sensação de pertencimento das startups”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AssuntosRelacionados

Nosso Instagram

Post Recentes