Feluma, FCJ e Saúde Ventures lançam nova Corporate Venture Builder focada em saúde e educação

Parceria entre as instituições resultou na Feluma Ventures, uma corporate venture builder que tem o objetivo de desenvolver soluções inovadoras nas áreas de educação e saúde.

O setor de saúde, que é avesso ao risco por sua própria base científica — afinal, estamos falando das vidas de milhares de pessoas —, mais do que nunca começa a reconhecer o papel fundamental da tecnologia para o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos processos de toda a cadeia. Graças a esta visão, o país já conta com mais de 500 startups de saúde mapeadas no StartupBase, a base de dados oficial do ecossistema de startups brasileiro.

Mesmo sendo uma área de grande sensibilidade, o setor de saúde pode se beneficiar de diversas formas com as soluções prestadas pelas healthtechs (startups da saúde), que crescem a cada ano no país. Com base em dados do Distrito Healthtech Report, o Brasil conta com 542 healthtechs, número que foi crescendo desde as primeiras edições do estudo, 248 em 2018 e 386 em 2019. 

Em relação à crise sanitária causada pela pandemia de coronavírus, que colocou à vista os principais gargalos em relação à saúde, as healthtechs desempenharam um papel importante. O mesmo estudo apontou que 53 startups de saúde apresentaram soluções diretas e indiretas para combate ao vírus, solucionando problemas em relação ao monitoramento de pacientes de maior risco, ao gerenciamento de leitos e estoque e até mesmo em relação a dados sobre a disseminação do vírus.

Dessa forma, as healthtechs conseguem solucionar questões com base em tecnologia e inovação que até pouco tempo atrás eram analógicas. Com isso, essas startups apresentam novos modelos de negócio para médicos, clínicas, organizações de saúde e hospitais, beneficiando não só os seus próprios processos, mas também a experiência do paciente.

Paralelo a esse movimento, também há um crescimento de iniciativas de corporate venture building, que são estruturas colaborativas que atuam como uma ponte entre empresas já estabelecidas e startups inovadoras.

No Brasil, a FCJ Venture Builder segue como líder em promover essa iniciativa, sendo uma empresa pioneira em venture builder na América Latina. Com o objetivo de expandir o seu modelo de corporate venture building, a FCJ segue um plano de negócio focado em realizar parcerias com empresas em potencial que buscam inovar por meio das startups.

Esse é o caso da Fundação Educacional Lucas Machado (Feluma), uma instituição filantrópica que, de acordo com seu estatuto, tem como princípio o “desenvolvimento e a manutenção de atividades educacionais, saúde, assistência social e pesquisa no campo das ciências exatas, humanas e biológicas, para melhor contribuir no atendimento dos problemas sociais da comunidade, aperfeiçoamento educacional e tecnológico e científico”.

Nesse contexto, a Feluma busca por soluções inovadoras em saúde e educação, e as startups são o caminho para a transformação dos processos de toda a organização. Dessa forma, a FCJ Venture Builder e a Saúde Ventures, a primeira venture builder de saúde do Brasil, uniram-se para apoiar a Feluma nessa trajetória. Saiba mais sobre o projeto e as instituições parceiras nesta iniciativa a seguir!

Feluma Ventures

A Feluma Ventures é uma corporate venture builder de iniciativa da Fundação Educacional Lucas Machado, associada à FCJ Venture Builder e à Saúde Ventures. O principal objetivo dessa corporate venture builder é desenvolver soluções inovadoras voltadas ou adaptadas para as áreas de saúde e educação, tendo como foco a ampliação e a criação de novas atividades, ferramentas ou processos inovativos que possam ser incorporados às operações de toda a rede de institutos Feluma e beneficiar a educação na área da saúde e, consequentemente, o bem-estar das pessoas.

Seguindo os princípios do modelo de venture builder da FCJ, as startups selecionadas para compor o portfólio da Feluma Ventures serão acompanhadas durante todo o seu período de vida, com suporte especializado em segmentos fundamentais para o crescimento do negócio. Para isso, a Feluma Ventures deterá participação acionária das startups que receberão apoio.

Nesse modelo, a Feluma Ventures:

  • busca ideias de negócios com potencial;
  • constrói times;
  • busca capital;
  • gerencia e mitiga os riscos, entre outros pontos.

Após inscreverem-se para avaliação na Feluma Ventures, as startups interessadas passam por uma banca avaliativa, que analisará, entre outros pontos, a história e a consistência empreendedora do(s) fundador(es) e a viabilidade da solução. Tal processo visa, também, aproximar as startups com maior potencial de possíveis investidores, apresentando-as ao ecossistema da Feluma Ventures.

Atuando por meio da Feluma Ventures, a Fundação Educacional Lucas Machado continua mostrando o seu pioneirismo em tecnologia e inovação, ganhando também em termos de competitividade e solidificação da marca.

A Fundação Educacional Lucas Machado dá continuidade ao legado do Dr. Lucas por meio do desenvolvimento socioeconômico pautado no ensino e na pesquisa aplicados à prática da saúde e de novas tecnologias. A instituição também é referência em gestão de qualidade, o que se reflete em sua política de melhoria contínua dos processos da Instituição, além do compromisso com a excelência e com a satisfação do cliente.

Conheça cada instituição participante desta iniciativa abaixo.

Fundação Educacional Lucas Machado – Feluma

A Feluma é uma fundação com finalidade filantrópica mantenedora da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, a segunda mais antiga e tradicional faculdade de Medicina de Minas Gerais, criada em 1950, agora com 70 anos, e da Pós-graduação, Hospital Universitário, Ambulatório, Instituto de Olhos, Cirurgia Robótica, Instituto de Inovação e Incorporação Tecnológica — todos sob a chancela Ciências Médicas– MG — e o Teatro Feluma.

Faculdade Ciências Médicas – MG

A Faculdade Ciências Médicas – MG (FCM-MG) é uma instituição de ensino superior conceituada e de prestígio internacional. Com sete décadas, a Faculdade Ciências Médicas – MG se destaca por unir tradição e modernidade e por zelar pela excelência no ensino. Entre os resultados dessa atuação, diversos alunos da Instituição foram aprovados em renomados cursos de residência e doutorados do Brasil. Além de participarem de intercâmbios internacionais.

A FCM-MG consolidou-se pela capacidade de seguir as tendências e exigências de mercado, de incorporar novas tecnologias, renovar sua metodologia de ensino, selecionar e acompanhar com rigor o corpo docente, manter-se atenta às novas gerações e suas necessidades, sem se distanciar de seus valores e dos avanços envolvendo inovações e como elas permeiam a educação. Além do compromisso com o alto padrão do ensino, há o propósito de sempre adotar recursos que enriqueçam a formação dos profissionais.

Enfrentar desafios e buscar soluções é uma marca na história da Faculdade. Foram as adversidades que a tornaram madura e sólida. Ser pioneira e ousada ao tomar decisões estratégicas e ser dinâmica para formar excelentes profissionais de saúde do Brasil exige um preço.

Fachada da FCM – MG | Foto: site oficial da instituição.

Localizada na área central de Belo Horizonte, a FCM-MG abriga laboratórios de ensino, salas de aula, biblioteca altamente moderna, auditórios, setores administrativos, restaurante, estacionamento terceirizado e espaço de convivência para alunos.

Com o Laboratório de Habilidades e Simulação Realística, os alunos têm acesso ao que há de mais inovador e moderno em treinamento e preparação na área da saúde. O laboratório permite que os graduandos vivenciem situações reais do dia a dia da profissão, como urgência e emergência, exames laboratoriais em manequins (pacientes) de alta tecnologia, entre outros procedimentos.

A instituição oferece cursos de graduação em Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Psicologia e alcançou nota máxima (5) na avaliação institucional do Ministério da Educação (MEC) nos cursos de Fisioterapia e Medicina.

Pós-Graduação Ciências Médicas – MG

A Pós-Graduação Ciência Médicas – MG oferece mais de 50 cursos lato sensu, nas modalidades presencial e à distância, com o mesmo padrão de qualidade da Faculdade, em todas as áreas da saúde, contemplando: Medicina, Odontologia, Gestão em saúde, Fisioterapia, Farmácia, Enfermagem, Fonoaudiologia, Psicologia e cursos multiprofissionais.

Alguns cursos de destaque são Cirurgia Robótica, Cuidados Paliativos, ATLS e PALS ( certificados pela American Heart Association (AHA)), Medicina do Trabalho, Cirurgias Minimamente Invasivas, Auditoria em Saúde e Gestão da Qualidade, DRG – Diagnosis Related Groups: Governança Clínica e Codificação Hospitalar, Metodologias Ativas para a Educação Híbrida em Saúde, Fenomenologia, Psicopatologia e Saúde Mental, Enfermagem em Nefrologia, entre outros.

Além disso, A Pós-Graduação Ciências Médicas – MG oferece também cursos de extensão, Programa Excelência em Odontologia, Residência e Especialização Hospitalar, além de Mestrado Acadêmico em Ciências da Saúde.

Ambulatório Ciências Médicas – MG

Espaço voltado para assistência, estudo, pesquisa e prática supervisionada da Faculdade Ciências Médicas – MG, o ambulatório possui uma infraestrutura completa para o atendimento à demanda de consultas e procedimentos eletivos do SUS nas áreas de Medicina, Fisioterapia, Enfermagem e Psicologia. 

Atendendo 100% pelo SUS, o Ambulatório Ciências Médicas – MG conta com 50 consultórios médicos e 4 salas de cirurgia ambulatorial, realizando cerca de 6 mil atendimentos ao mês, além de estar em fase de ampliação com previsão de aumentar expressivamente a capacidade de atendimento.

Hospital Universitário Ciências Médicas – MG

Fachada do HUCM – MG | Foto: site oficial da instituição.

O HUCM – MG é referência em assistência, pesquisa e ensino. Mantido pela Feluma desde 1990, 100% dos seus leitos são destinados a internações, consultas ambulatoriais e exames complementares aos pacientes do SUS.

Com 229 leitos, realiza mais de 1000 internações, mais de 800 cirurgias e mais de 10 mil consultas ambulatoriais mensais. O hospital universitário é referência em Anestesiologia, Angiologia, Cardiologia, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia Geral, Cirurgia Pediátrica, entre diversas outras especialidades.

Instituto de Olhos Ciências Médicas – MG

O Instituto de Olhos é uma unidade de Oftalmologia exclusiva do HUCM – MG. Mensalmente, são realizados mais de 1.200 atendimentos/dia, 400 cirurgias e 15.000 procedimentos ambulatoriais, todos relacionados às subespecialidades catarata, córnea, transplante de córnea, estrabismo, glaucoma, lente de contato, neuro-oftalmologia, plástica ocular, consulta de refração e retina.

O Instituto de Olhos Ciências Médicas – MG (IOCM-MG), um dos principais serviços oftalmológicos do Estado, criado há 10 anos para atender aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), inaugurou nova sede, em março. Com instalações modernas, dentro dos mais altos padrões de qualidade, o novo espaço oferece melhor estrutura e ampliação da capacidade de atendimento em oito áreas da Oftalmologia. A perspectiva é que a capacidade seja ampliada para dois mil atendimentos diariamente

A Feluma investiu em infraestrutura e equipamentos de ponta, que estão sendo incorporados ao novo espaço. A nova estrutura do Instituto, com área total de aproximadamente 3 mil m², totalmente acessível, com plataforma elevatória e elevadores, conta com Bloco Cirúrgico equipado para procedimentos de média e alta complexidade, mais de 50 postos de atendimento para consultas diversas, Clínica de Catarata, Clínica de tratamento de Glaucoma, sala multimeios para transmissão de cirurgias, auditório, além de equipe integrada  formada por médicos, funcionários assistenciais e administrativos, acadêmicos, residentes, entre outros.

Instituto de Cirurgia Robótica Ciências Médicas – MG 

O instituto CRCM-MG representa um grande avanço em ciência e tecnologia atreladas à Medicina em todo o estado de Minas Gerais, tendo implantado o primeiro sistema cirúrgico robótico do estado de Minas Gerais, o que torna a Feluma pioneira nesse segmento. Atualmente, conta com quatro desses sistemas em parceria com com os hospitais Instituto Orizonti, Hospitais Felício Rocho, Vila da Serra e Uberlândia Medical Center (UMC).

Com o auxílio do sistema robótico, o cirurgião pode trabalhar por meio de um console, com imagens de alta definição e visualização ampliada em até 20 vezes. Em fevereiro de 2021, o instituto já havia ultrapassado mais de 2.300 procedimentos cirúrgicos.

Atividades Feluma 

Além dos institutos ligados diretamente ao estudo e pesquisas, a Fundação Educacional Lucas Machado ainda conta com o Instituto Agos, que se tornou referência em processos de avaliação e seleção por meio de concursos. Dessa forma, a Feluma oferece ao mercado toda a expertise em concursos e processos de avaliação de alunos, por meio de:

  • definição das normas de seleção;
  • elaboração de edital;
  • seleção da banca examinadora;
  • elaboração dos instrumentos de avaliação;
  • controle das inscrições;
  • contratação dos locais da prova;
  • contratação e treinamento de pessoal;
  • logística para aplicação de prova;
  • leitura dos gabaritos dos instrumentos de avaliação; e
  • apuração e classificação.

O Instituto de Inovação e Incorporação Tecnológica Ciências Médicas – MG, criado no início de 2020, tem como objetivo fomentar e dar suporte técnico a projetos na área da saúde. As ideias criativas vindas de alunos, colaboradores e professores, que podem ser colocadas em prática por meio de plataformas tecnológicas, encontram no Instituto o apoio para serem desenvolvidos, implementados e concretizados

A instituição conta ainda com o Teatro Feluma, uma iniciativa que tem como objetivo “ampliar oportunidades para que artistas e produtores mineiros viabilizem projetos culturais, além de promover a integração das artes ao ensino acadêmico”.

Dada a qualidade dos serviços oferecidos pela Fundação, atestada por órgãos nacionais como o Ministério da Educação e certificada pela ISO 9001, a instituição mantém relações e parcerias com diversas outras instituições de saúde internacionais localizadas na Inglaterra, Uruguai, França, Portugal e Estados Unidos.

Dessa forma, a Fundação Educacional Lucas Machado segue em busca de inovação para cumprir com o seu papel social de levar saúde de qualidade para diversas regiões. E é no modelo de corporate venture building, licenciado pela FCJ Venture Builder e em parceria com a Saúde Ventures, que a Fundação vê espaço para crescimento.

Por meio de startups que desenvolvem soluções de educação e saúde, a Feluma se coloca à frente do mercado e tem à sua disposição as ferramentas, tecnologias e pessoal necessário para continuar cumprindo seu propósito.

Saúde Ventures

Dados da terceira edição do Distrito Healthtech Report, levantamento realizado pela Distrito e com o apoio da consultoria KPMG, apontam que, desde 2014, as healthtechs brasileiras receberam US$ 430 milhões ao longo de 189 rodadas de venture capital, o que mostra que, mesmo existindo certa resistência, o setor está em franco crescimento.

E foi nesse ambiente promissor que surgiu a Saúde Ventures, uma corporate venture builder que representa o hub de uma rede nacional de ventures builders dedicadas e focadas no desenvolvimento de novos negócios e startups de saúde.

Em relação às startups desenvolvidas pela Saúde Ventures, atualmente, constam em seu portfólio as seguintes empresas:

AVI Saúde 

A AVI Saúde oferece uma solução que permite uma melhor estruturação dos dados de pacientes por meio da governança clínica. Essa ferramenta serve de apoio para o diagnóstico e o controle de dados dos pacientes, organizando de maneira preventiva a gravidade e os riscos assistenciais.

Ymunity

A Ymunity é um centro de infusão que tem como objetivo administrar medicações intravenosas e subcutâneas voltadas para o tratamento de doenças autoimunes. Mapeando os diversos desafios em sua área de atuação, tendo como foco as doenças autoimunes, a organização visa desenvolver soluções tecnológicas para os desafios encontrados.

Beyond Mining

As soluções da Beyond Mining utilizam dados gerados pela operação para, a partir deles, entregar otimização de processos, simulação de cenários e previsibilidade de resultados, garantindo maior produtividade e redução de custos.

Doutor Ao Vivo

Com uma solução white-label, a Doutor Ao Vivo fornece inovação e tecnologia para médicos e empresas de saúde prestarem atendimento de telemedicina de forma prática, humanizada e segura. 

GTI

A GTI (Green Tech Innovation) é uma empresa de tecnologia aplicada que desenvolve sistemas de medição, controle e gestão remota de utilities, podendo ser aplicados em diversos segmentos de mercado.

Isso

A Isso é uma solução de medicina preventiva digital voltada para quem não quer depender exclusivamente de planos de saúde. Por meio da carteirinha Isso, o paciente tem acesso a uma ampla rede de clínicas credenciadas.

Global Brain

A Global Brain é uma healthtech especializada em soluções de teleinterconsulta em diferentes especialidades médicas. A organização dispõe de uma equipe de médicos especialistas que realizam a avaliação totalmente remota de pacientes de diversas cidades brasileiras, principalmente do interior, onde o acesso a médicos especialistas é mais complexo.

ConectaDent

A ConectaDent é uma plataforma para dentistas e consultórios. Para clínicas, a startup oferece a opção de contratar um especialista já qualificado por outras clínicas e com a certeza da prestação de um serviço de qualidade. Para dentistas, a ConectaDent permite que o profissional cadastre-se como especialista e receba pedidos de trabalhos de diversos consultórios de sua região.

Dessa forma, atuando em diferentes frentes da saúde, a Saúde Ventures busca fortalecer as atividades inovativas da Feluma por meio da parceria entre as três instituições.

FCJ Venture Builder

Levar inovação para diferentes localidades e mercados é um dos principais desafios da FCJ, uma empresa sediada em Belo Horizonte que tem 7 anos de mercado. Pioneira no ramo de venture building na América Latina, a FCJ alcançou altos patamares nos últimos anos. 

Apenas em 2020, a organização foi capaz de expandir seu modelo de negócio para diversas regiões do Brasil e do mundo, lançando sua iniciativa em países como Finlândia, Portugal e Estados Unidos.

Diferentemente de programas de incubação e aceleração, em que as startups participam por um curto período de tempo e com objetivos diferentes, o modelo de negócio da FCJ permite selecionar empresas inovadoras no mercado de forma contínua, desenvolvendo as soluções das startups e acompanhando-as durante todo o seu ciclo de vida.

As startups que participam do programa de venture builder da FCJ dispõem de um centro de serviços compartilhado, onde são oferecidas soluções jurídicas, financeiras, contábeis, de departamento pessoal e de marketing. Além disso, a FCJ compartilha estrutura, know-how e canais de mercado, acesso ao ecossistema de inovação, rede de mentores, modelagem e design de negócios e validação de MVPs (produtos mínimos viáveis).

Além de selecionar startups e desenvolvê-las, a FCJ Venture Builder também licencia o seu modelo venture builder nos formatos B2B, B2C e B2G, o que permite fortalecer os ecossistemas de startups, segmentos de mercado, grandes corporações ou até mesmo o setor público. Dessa forma, a FCJ oferece os seguintes modelos de licenciamento:

  • internacional (para fortalecer ecossistemas fora do Brasil);
  • vertical (para desenvolver segmentos específicos do mercado, como saúde, energia, construção civil etc.);
  • regional (para replicar o modelo de VB em diferentes regiões do país);
  • corporate (para promover a inovação em empresas por meio da conexão com startups);
  • government (para aproximar instituições públicas do ecossistema de startups).

A FCJ utiliza toda a sua rede para conectar startups em desenvolvimento, e muitas delas são destaques internacionais, reconhecidas por grandes instituições. Um exemplo é a startup Psicologia Viva, uma plataforma virtual de atendimento psicológico que já está presente em diversos países da América Latina. Só no último ano, o Psicologia Viva recebeu um aporte de R$ 6 milhões para expandir sua a equipe, seus produtos e seus serviços. 

Outras soluções desenvolvidas pela rede da FCJ também são destaque, como o aplicativo que ajuda a resolver a falta de troco no comércio, a plataforma de contratação profissional inclusiva, soluções de construção modular e até mesmo a startup que busca expandir os estudos clínicos de nova molécula biotecnológica que tem potencial para tratar o câncer de mama, entre tantas outras.

Dessa forma, a FCJ Venture Builder, em parceria com a Saúde Ventures, é capaz de compreender o momento da Fundação Educacional Lucas Machado e prover a Feluma com o grau de inovação que a instituição busca. 

O pioneirismo em inovação da Feluma é evidente, tendo em vista o grandioso projeto que seu fundador criou e que se torna mais sólido a cada dia. Em termos de tecnologia, a Fundação é referência no estado de Minas Gerais, tendo recentemente trazido o primeiro Sistema Cirúrgico Robótico Da Vinci X ao Brasil.

Com o apoio de grandes instituições de inovação como a FCJ Venture Builder e a Saúde Ventures, a Feluma encontra, por meio do corporate venture building, uma forma de continuar firme em sua missão, impactando positivamente a vida de estudantes, profissionais, pacientes e colaboradores por meio da saúde e da educação de qualidade atreladas a práticas inovadoras.

Para acompanhar os próximos passos da Feluma Ventures, que tem lançamento previsto para o mês de abril, siga as redes sociais da FCJ: estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn

Para mais informações, entre em contato com a assessoria de comunicação e imprensa da Feluma Ventures por meio do telefone (31) 3248-7237 ou e-mail cmk@feluma.org.br.

Posts relacionados

Comments (1)

Bom dia
Sou microempresário e desenvolvo soluções em saúde. Sou formado em Biologia (PUC-MG), especialista em Geoprocessamento (UFMG) e mestre em Epidemiologia (UFMG). Meu mais recente produto é um sistema de informação com análise preditiva de infecção pelo covid-19 por setores censitários com alto índice de acerto. Gostaria de informações para avaliar a viabilidade de parceria com o FCJ.

Deixe umcomentário